Estamos vivendo em um mundo em que os clientes são sobrecarregados pelo número de mensagens publicitárias; eles vêem todos os dias. As promoções estão em todos os lugares que você procura, desde os banners no metrô até os discursos de vendas em sua caixa de entrada de e-mail. Não é de admirar que o consumidor médio esteja cansado da experiência tradicional de marketing e do marketing para psicólogos.

As boas notícias? Há uma maneira de superar a desordem e o ruído dessas intermináveis campanhas de marketing. Com o #SensoryMarketing, as marcas podem atrair seu público-alvo em um nível psicológico mais profundo, usando conexões primordiais para sentir o cheiro, o tato, o gosto e o som.

Por meio de uma campanha multissensorial que se alinha à essência da sua marca, você pode mostrar aos seus clientes tudo sobre o que é seu interesse e facilitar o relembramento da sua empresa nos próximos anos.

A questão é: como você entende o marketing sensorial?

Criando algo sensacional com marketing sensorial

Sua marca não é apenas o que seus clientes veem quando visualizam seu produto ou website. Não é seu nome, seu logotipo ou até mesmo o jingle que toca junto com seus anúncios no rádio. Sua marca é uma experiência emocional completa, transmitida através de inúmeros pontos de contato e interações com o consumidor.

Uma estratégia de marketing sensorial é um plano que ajuda você a se conectar com seu público-alvo mais intimamente através de cada um dos seus cinco sentidos. Às vezes, isso significa experimentar um perfume de assinatura para sua loja de varejo. Outras vezes, isso pode significar dar às pessoas uma amostra grátis do seu icônico coquetel de hotel. A ideia é que, envolvendo vários sentidos de uma vez, você atrai os elementos emocionais de seu cliente que determinam como eles reagem aos seus esforços de publicidade.

O termo “Marketing Sensorial” foi cunhado por uma mulher chamada Aradhna Krishna, que editou um livro sobre a teoria. Este texto mostra inúmeros exemplos de como os sentidos podem contribuir para suas campanhas de marketing. Por exemplo, um estudo descobriu que a música lenta ajudou a aumentar as receitas em 38% nos supermercados e 41% nos restaurantes.

Se você já pegou uma garrafa de Coca-Cola e notou o contorno ou notou a música moderna em uma loja de moda, você já foi exposto ao marketing sensorial. No entanto, como líder empresarial, é sua tarefa determinar como você pode usar essa ciência simples para convencer os clientes a se apaixonarem pela sua marca.

Como o marketing sensorial melhora as vendas

Como uma espécie de #EmotionalMarketing, as campanhas sensoriais são particularmente eficazes na construção de conexões entre empresas e seus clientes. Com o tempo, seus esforços sensoriais podem até melhorar suas chances de ganhar embaixadores dedicados à sua marca. No entanto, vale a pena notar que suas campanhas também podem ter um impacto em sua linha inferior.

Através de momentos experienciais cuidadosamente criados para enlaçar os sentidos, sua empresa pode lembrar os clientes do que eles amam sobre sua marca, ou até mesmo ensinar-lhes algo novo sobre sua empresa. Um ótimo exemplo de como o marketing sensorial afeta sua linha de fundo veio da Dunkin Donuts em 2012. A filial de Seul da conhecida empresa de café e donuts lançou uma campanha que usou tecnologia infusora para liberar o cheiro de café nos ônibus locais quando Dunkin ‘jingle tocou no rádio.

O resultado da campanha de marketing foi mais do que apenas um reconhecimento de marca mais forte para a Dunkin ‘Donuts. A empresa também viu um aumento de 29% em suas vendas enquanto o anúncio era exibido.

Como você pode usar o marketing sensorial?
A ciência do marketing sensorial indica que os consumidores sempre tomarão decisões baseadas em emoções primeiro, e a lógica em segundo.

De acordo com essa regra, se você puder estabelecer uma conexão emocional com seu público por meio de sentidos primais como toque, olfato ou som, eles estarão mais propensos a se envolver com sua empresa, comprar seus produtos e permanecer leais à sua marca.

Então, como devemos começar?

1. Conheça sua marca e seu público

Como acontece com qualquer campanha de marketing, a primeira coisa que você precisa é de um plano bem pesquisado. Pense no tipo de personalidade da marca que você tentou transmitir com seus outros materiais de marketing e como você pode mostrar as mesmas características por meio de sugestões sensoriais. Por exemplo, você pode provar que é uma empresa de moda moderna tocando as últimas músicas de suas lojas? Ou você poderia mostrar o seu lado doce, deixando uma tigela de doces na recepção do escritório?

Lembre-se de considerar as preferências do seu público também. Vários fatores, como gênero, cultura e até localização geográfica, podem afetar o modo como as pessoas reagem aos estímulos sensoriais.

2. Trabalhe com os especialistas

Independentemente de você estar investindo em um novo design para sua campanha de marketing ou de precisar de ajuda para planejar todas as partes de sua estratégia #ExperientialMarketing, a melhor coisa a fazer é trabalhar com os especialistas. Quando até mesmo o menor erro em suas táticas sensoriais pode transformar o caminho, seus clientes se sentem a seu respeito; é importante não arriscar.

Por exemplo, você sabia que mesmo a simetria nas características faciais das pessoas mostradas em seu website pode afetar o tempo que seus clientes passam olhando suas páginas?

3. Abraçar o potencial de ficar offline

Por fim, lembre-se de que, às vezes, se você quiser aproveitar ao máximo seus esforços de marketing, precisa ir além de seus canais digitais. Mídias sociais e websites são ótimos, mas eles não podem competir com eventos e experiências pessoais quando se trata de marketing sensorial.

Ao usar pelo menos parte de sua estratégia de marketing off-line, você pode se conectar com seus clientes em níveis impossíveis de acessar on-line. Por exemplo, você pode convidá-los para provar sua última criação ou manter seu produto em suas mãos. Não subestime o poder dos momentos da vida real.

Abraçando a ciência do marketing sensorial
No mundo competitivo de hoje, os consumidores estão mais propensos do que nunca a ignorar as práticas tradicionais de marketing. Uma das melhores maneiras de sacudir seu público-alvo de seu estado de estupor é proporcionar-lhes uma experiência de marketing multissensorial totalmente imersiva.

O marketing sensorial permite que você se conecte com seus clientes em um nível emocional e altere a maneira como eles se sentem em relação à sua marca. Além disso, fornece as conexões íntimas e primárias que você precisa para estabelecer as bases para o #BrandLoyalty de longa duração.

Para saber mais sobre o potencial do marketing sensorial, confira nosso guia completo sobre campanhas sensacionais ou entre em contato com a equipe da Fabrik hoje.

Em uma época em que a experiência é tudo, a publicidade sensorial só faz sentido.